sexta-feira, maio 11, 2012

Sempre presente nos meus lábios



Ela nem sabe do poder que tem.

É disputada por milhares de corações. Milhares que a tem guardadinha nos pensamentos e nos dias.

Existem momentos em que ela não sai da cabeça. Ela domina e torna quem a tem seu escravo.

É severa. Impetuosa. Tem suas características próprias, dentre elas caracterizar facilmente quem a tem em suas faces e em seus lábios.

Por vezes queremos abandoná-la. Só que ela é mais forte.

Por vezes queremos que não ela seja tão presente. Queremos mais é sua ausência.

Quando tudo parece apertar, nos questionamos porque ela é tão compromissada e tão pontual em manter-se sempre constante.

Mas sem ela a alegria seria um prato vazio, insosso.

Sem ela a vida seria uma corrida sem obstáculos, uma estrada sem buracos.

Não sei viver sem você, Tristeza. 

0 comentários:

Postar um comentário